Eu provei uma imensa variedade de legumes na minha vida, adorei todos (menos quiabo) e nunca recusei um vegetal que aparecesse na minha frente (a única excessão foi o aipo-rábano que encontrei na Irlanda, mas ainda estou arrependida!). Sendo eu uma grande amante de legumes, fica difícil escolher meu preferido, mas acho que tem um que eu adoro mais ainda que os outros: brócolis. Eu poderia comer brócolis todos os dias, no almoço e no jantar, sem nunca reclamar. E ainda por cima acho ele uma das coisas mais lindas que a natureza criou. Observe um brócolis bem de perto. Parece um monte de mini bonsais juntinhos, formando uma mini floresta de mini bonsais, não? Pra mim parece.

Como eu acho brócolis absolutamente sublime, gosto de prepará-lo da maneira mais simples possível pra não atrapalhar seu sabor natural. A primeira receita é minha maneira preferida de cozinhá-lo. Gosto de degustar brócolis preparado assim sozinho ou misturado com macarrão e molho de tomate, com gratinados (de macarrão ou batata) ou com quinoa. A segunda receita tem um gostinho “asiático” e fica ótima com pratos que seguem o mesmo estilo. Mas independente da maneira como você preparar seu brócolis, lembre-se de não cozinhá-lo demais. O calor prolongado, além de acabar com as vitaminas, diminui consideravelmente o sabor desse legume.

Brócolis super simples

A maioria das pessoas só usa a parte superior do brócolis, mas eu acho isso um absurdo e uso os buquês e o talo. O talo do brócolis tem o mesmo gosto (e as mesmas vitaminas) que os buquês e não tem sentido continuar disperdiçando metade da verdura. Você só precisa ter o cuidado de cortar o talo mais miúdo e cozinhá-lo um pouquinho mais, pois ele é mais duro que o resto do brócolis.

3x de brócolis

1 dente de alho

1cs de azeite

sal, pimenta do reino e suco de limão a gosto

Prepare o brócolis da seguinte maneira: corte os buquês em pedaços pequenos, tentando não desmanchá-los, e pique o talo miudinho. Pique o alho (as vezes gosto de ralar o alho bem fininho). Em uma frigideira grande e com tampa, aqueça o azeite. Junte o talo do brócolis picado e refogue durante 2 minutos. Acrescente os buquês e o alho, mexa bem e deixe cozinhar coberto, em fogo médio/alto, por mais 3 minutos. (ou mais, dependendo do seu gosto) Brócolis é mais gostoso “al dente” então evite cozinhá-lo demais. Tempere com sal, pimenta do reino e um pouquinho de suco de limão. Serve 2 porções.

Brócolis com gengibre e gergelim

Essa receita acompanha muito bem tofu marinado e arroz jasmim.

3x de brócolis

1 dente de alho

1/2cs de gengibre fresco ralado

1cs de shoyo (ou a gosto)

1cs de gergelim tostado

1cc de óleo de gergelim (opcional)

1cs de azeite

Prepare o brócolis como na receita anterior. Pique (ou rale) o alho. Em uma frigideira grande e com tampa aqueça o azeite e o óleo de gergelim, se estiver usando. Junte o talo do brócolis picado e refogue durante 2 minutos. Acrescente os buquês, o alho e o gengibre, mexa bem e deixe cozinhar coberto, em fogo médio/alto, por mais 3 minutos (ou mais, dependendo do seu gosto). Regue com o shoyo e misture. O gengibre gosta de ficar juntinho então misture bem pra distribuí-lo de maneira uniforme. Polvilhe com o gergelim e sirva. Serve 2 porções.